A grande caçada, do Robert Jordan

A Grande Caçada, segundo volume de A Roda do Tempo, do Robert Jordan

Saluton!

Há quase 2 anos nós conversamos sobre a minha série favorita aqui no blog, que é A Roda do Tempo; também chegou a sair um vídeo de mais de 10 minutos lá no canal, onde eu, basicamente, grito e obrigado vocês a lerem aquele livro. Hoje, então, eu venho compartilhar com vocês o vídeo que eu fiz pro segundo volume!


JÁ É INSCRITO NO CANAL? 
Se inscreve lá, por que ajuda pra caramba! :)



SINOPSE
No segundo volume da série A Roda do Tempo, o protagonista Rand al’Thor e seus companheiros, Mat e Perrin, partem ao resgate da Trombeta de Valere. Segundo lendas, o artefato tem o poder de reviver heróis temporariamente, e eles podem ser de grande ajuda no combate às forças do Tenebroso. No entanto, há algo que Rand teme ainda mais do que a antítese do Criador: ele sabe que está condenado à loucura e à morte e se pergunta se conseguirá ajudar seus amigos antes que isso aconteça ou se será ele próprio o responsável por destruí-los. Ao mesmo tempo, Egwene e Nynaeve treinam para fazer parte da ordem de mulheres que podem manipular o poder que gira a Roda do Tempo, conhecidas como Aes Sedai.



  Esse post não contém spoiler! Pode ficar tranquilo! 😊
Gostaria de, antes de mais nada, lembrar a vocês que já tem um post aqui no blog falando sobre o primeiro volume da saga A Roda do Tempo; esse post tá bem legal e você pode lê-lo clicando aqui (lá também tem o vídeo que saiu no canal).  Além da resenha, você conferir um post com um resumo completo do livro, que eu fiz em parceria com o Emerson (❤); para lê-lo, clique aqui. E eu não poderia deixar de comentar uma notícia bem legal com vocês: a partir de agora, pra conferir todo o conteúdo de WoT [A Roda do Tempo] que eu produzo, é só acessar umbookaholic.com/arodadotempo. Esse é um jeito bem bacana de reunir tudo o que eu faço envolvendo a saga e, de quebra, dá pra você mandar pros seus amigos e ajudar a popularizar essa série que a gente tanto ama. :)

Rand recupera a Trombeta de Valere em capa do ebook de A Grande Caçada.
Rand recupera a Trombeta de Valere em capa do ebook de A Grande Caçada.

De todos os 14 livros de A Roda do Tempo, o A Grande Caçada é o mais amado entre os fãs: mesmo que não seja o favorito de todo mundo, é sempre um dos. Esse livro, diferentemente do primeiro, tem um ritmo bastante acelerado, já que é aqui que o Robert Jordan mostra pra que veio.

A história já começa de forma frenética: Rand aparentemente conseguiu derrotar Ba'alzamon; Mat, depois de roubar a adaga de Shadar Logoth, começa a demonstrar diversos problemas; muitas coisas estão acontecendo ao longo de todo o livro, o que é bem legal, já que nos permite ter um olhar mais diferenciado desses personagens que a a gente aprendeu a amar no primeiro volume.

Um ponto muito positivo dessa parte da história, é a expansão de universo absurda que vai rolar. Num determinado momento, a gente atravessa o oceano e vai conhecer a galera que mora em outro continente: o povo Seanchan. Além disso, a gente vai ficar mais por dentro do que acontecendo nas hordas do Tenebroso e no meio dos Abandonados. O prólogo do livro já é muito sensacional, nos colocando no meio de uma reunião dos Amigos das Trevas.

- O Grande Senhor das Trevas é meu Mestre, e eu o servirei de todo o coração, até os últimos resquícios de minha alma.

Nesse volume, os personagens ganham mais personalidade e passam a ser mais tridimensionais, deixando de ser meras réplicas de personagens de O Senhor dos Anéis. Mesmo que nem todos tenham a mesma relevância pra história, todos eles vão ser importantes de alguma forma. Como existem diversos pontos de vista aqui, é fácil você se apegar mais a um do que a outro. O Mat continua sendo meu personagem preferido dentre todos, mas agora eu consigo gostar mais do Rand, sigo achando o Perrin meio pombo e passei a amar Egwene (💔) e Min incondicionalmente.

- Minha mãe - disse ela [Egwene] com firmeza - sempre falou que a melhor maneira de lidar com um homem é aprender a montar uma mula. Ela dizia que, na maioria das vezes, os dois ppensam igual. E que às vezes a mula é mais inteligente.

O final desse livro é épico em níveis colossais! No decorrer do primeiro livro a gente viu que o Rand é capaz de canalizar e que muito provavelmente ele é o Dragão Renascido. Agora, nesse segundo volume, o circo tá se fechando e ele vai ter que aprender a lidar com isso, afinal de contas, a Grande Batalha se aproxima.

No comecinho do livro tem uns trechos que me deixam muito soft, antes de dar a merda toda. As partes em que a galera tá lá na fortaleza em Fal Dara me deixa muito em paz, sabe? Eles estão reunidos e em posse de objetos extremamente poderosos (pra quem não lembra: em breve sai o resumo do livro 2 por aqui também! 😉) e ahhh! Gosto muito mesmo! O Rand vai ser treinado pelo Lan (Guardião da Moiraine) e isso vai repercutir pelo restante da saga inteira. Vira e mexe o rapaz vai se pegar pensando nas técnicas e nos ensinamentos do Rei de Malkier.

- Bem, a espada que não podia ser quebrada acabou se estilhaçando no final, pastor, mas combateu a Sombra até o fim. Existe uma regra, mais importante que todas, para ser um homem: enfrente de pé tido o que vier.

Se quiser me ver comentando esses livros em tempo real, assim que eu os estiver lendo, não deixa de me seguir no Twitter, por que eu tô sempre falando das minhas leituras por lá, feshow? Fiquem agora com meu vídeo sobre o livro:




Compre na Amazon! 

Comprando através desse link, você ajuda o canal financeiramente sem pagar nada a mais por isso!

E aí? Já leu ou ficou com vontade?
Comente sua opinião! \o/

0 Comentários