RESUMO: O Olho do Mundo

Ouroboros de A Roda do Tempo com o texto: Resumo completo

Saluton!

Depois de muito tempo sem trazer conteúdo sobre A Roda do Tempo (também conhecida como minha série favorita) aqui pro blog, me juntei ao Emerson (administrador do melhor grupo sobre WoT no Facebook) pra trazer um resumo da série!

A gente bem sabe que a cada novo livro da série que é traduzido aqui no Brasil, o intervalo entre ele e o próximo só aumenta, né? Aí que mora o problema: os livros são imensos e a gente dificilmente vai ter tempo (ou paciência, por que não?) pra reler os volumes anteriores. Com isso em mente, vamos facilitar a vida de vocês e disponibilizar esse resumo!


JÁ É INSCRITO NO CANAL? 
Se inscreve lá, por que ajuda pra caramba! :)



NA TV UM BOOKAHOLIC

Se você ainda não leu o primeiro livro da série e não sabe sobre o que ele fala, super vale a pena conferir um vídeo que saiu em 2018 lá no canal e leia o post que saiu aqui no UB! O resumo contido nesse post ainda não está disponível em vídeo, mas já tô providenciando isso, então podem ficar tranquilos! :)


Este post contém spoilers! Isso se trata de um resumo de todo o livro, logo, spoilers são inevitáveis! 😉


PRÓLOGO

Fanart por Manweri.

O Prólogo é ambientado na Era das Lendas. Lews Therin Telamon matou todas as pessoas do palácio devido a loucura causada pela mácula de Saidin (o lado masculino do poder). Elan Morin Tedronai observa toda a cena e restaura a sanidade de Lews Therin para mostrá-lo o que ele havia feito. Desesperado com o que fez, Lews Therin absorve uma imensa quantidade de Poder Único, que o consome e no mesmo local surge o Monte do Dragão.


A fuga de Dois Rios

Os primeiros capítulos do livro se passam em Dois Rios, lugar de origem dos nossos três personagens principais. O vilarejo de Campo de Emond é atacado por Trollocs controlados por Myrddraal. Tais criaturas estão a procura de três jovens: Mat, Perrin e Rand. Moiraine e Lan destroem os Trollocs que atacaram a vila e convencem os três garotos a irem embora numa longa jornada, pois se eles permanecerem onde estão, poderão trazer o perigo para seus familiares e demais pessoas do vilarejo. Nessa fuga, além dos três garotos, da Aes Sedai e seu Guardião,  juntam-se a eles Egwene e Thom Merrilin.

Arte da capa de O Olho do Mundo.

Pernas, pra que te quero?

Constantemente perseguidos por Trollocs, Myrddraal e Draghkar, os sete viajantes chegam a cidade de Baerlon, onde encontram Min, uma jovem que possui o poder de ver o futuro. Rand começa a ser atormentado com sonhos com Ba’alzamon, mas prefere não contá-los a Aes Sedai. Rand encontra Padan Fain em Baerlon durante uma caminhada pela cidade. Após Rand e Mat retornarem para a estalagem em Baerlon, descobrem que Nynaeve, a Sabedoria, seguiu seus rastros. A mesma, mesmo que relutantemente, junta-se a jornada para proteger os garotos de eventuais perigos.

Após deixarem Baerlon, o grupo é caçado por um número cada vez maior de Trollocs e Myrddraal, fazendo com que Moiraine dirija o grupo até a antiga cidade de Shadar Logoth. Escondidos ali, Rand e seus amigos exploram a cidade e encontram um homem chamado Mordeth. Os três rapazes escapam de Mordeth e voltam a reunir-se com o grupo.O grupo é obrigado a separar-se quando Trollocs e Myrddral entram em Shadar Logoth e são atacados por Mashadar, o mal que habita Shadar Logoth.

A cidade arruinada de Shadar Logoth, por Gal Or.

Fugindo dos Trollocs e de Mashadar, Rand Mat e Thom dirigem-se ao rio Arinelle, invadindo o barco mercante do capitão Bayle Domon, que não muito contente aceita levá-los até Ponte Branca. Ao longo da viagem, Rand continua a ter sonhos com Ba’alzamon, e Mat começa a ficar desconfiado e introvertido. Rand descobre que seu amigo leva consigo uma adaga de Shadar Logoth.

Adaga de Shadar Logoth, por Gal Or

Na Ponte Branca, eles topam com um Myrddraal e, para que os garotos fujam, Thom se sacrifica partindo para cima do Myrddraal. Desta forma, Rand e Mat continuam seguindo o caminho rumo a Caemlyn, onde esperam encontrar Moiraine e os demais. No caminho para Caemlyn, Rand e Mat encontram Amigos das Trevas, mas conseguem fugir.

Uma vez que chegaram em Caemlyn, Rand e Mat se alojam na estalagem de Basel Gill, um amigo de Thom. O estado de Mat piora. Rand encontra o Ogier, Loial (❤), na biblioteca da estalagem e começa uma nova amizade.

Em uma das saídas pela cidade, Rand presencia uma comitiva de Aes Sedai que leva um prisioneiro, Logain Ablar, um Falso Dragão. Rand desequilibra do muro de onde assistia a comitiva e cai dentro do jardim do palácio real de Andor, conhecendo a herdeira do trono, Elayne Trakand, seu irmão Gawyn e seu meio-irmão Galad. Rand é levado a presença da rainha Morgase, e de sua conselheira, a Aes Sedai Elaida. Elaida possui o talento da Profecia e diz que Rand é perigoso, mas mesmo assim a rainha Morgase o liberta.

A cidade de Caemlyn, por Jan Walker

Ancestralidade e Caminho da Folha

Separados do grupo, Perrin e Egwene também seguem viagem rumo a Caemlyn. Os dois amigos não tardam a encontrar um misterioso homem chamado Elyas Machera, capaz de falar com os lobos, e afirma que Perrin também possui esse antigo dom.

Encontro com Elyas Machera. Artista desconhecido.

O grupo encontra os Tuatha'an, um povo nômade e pacífico. Eles voltam a fugir quando enormes bando de corvos são enviados e começam a vasculhar e procurar os garotos. Na fuga, Egwene e Perrin encontram uma legião de Filhos da Luz comandados por Geofram Bornhald. Ao ver a morte de Saltador, o lobo com quem ele mais se envolveu, Perrin se enfurece e assassina dois Filhos da Luz. Elyas consegue fugir, mas Perrin e Egwene são feitos prisioneiros, os Mantos-brancos estão  convencidos de que os dois são Amigos das Trevas.

— O Caminho da Folha? — perguntou Egwene. — O que é isso?
Aram fez um gesto na direção das árvores, os olhos fixos com intensidade nos dela.
— A folha vive o tempo que lhe cabe, e não luta contra o vento que a leva embora. A folha não provoca dano algum, e finalmente cai para alimentar novas folhas. Assim deveria ser com todos os homens. E mulheres. — Egwene ficou olhando fixamente para ele, um leve rubor tomando suas bochechas.
— Mas o que isso quer dizer? — perguntou Perrin. Aram lhe dirigiu um olhar irritado, mas foi Raen quem respondeu.
— Quer dizer que nenhum homem deve ferir outro por absolutamente nenhum motivo. — Os olhos do Buscador se dirigiram a Elyas. — Não há desculpas para a violência. Nenhuma. Nunca.
— E se alguém atacar você? — insistiu Perrin. — E se alguém bater em você, ou tentar roubar, ou matar você?
Raen suspirou, um suspiro paciente, como se Perrin simplesmente não estivesse enxergando o que era tão claro para ele.
— Se um homem me batesse, eu lhe perguntaria por que ele quis fazer tal coisa. Se ele ainda quisesse me bater, eu fugiria, assim como faria se ele quisesse me roubar ou me matar. Muito melhor que eu o deixasse tomar o que quisesse, até mesmo minha vida, do que eu cometer violência. E eu esperaria que ele não se machucasse demais.
— Mas você disse que não iria machucá-lo — disse Perrin.
— Eu não, mas a violência fere aquele que a comete tanto quanto aquele que a recebe. — Perrin pareceu duvidar. — Você poderia derrubar uma árvore com seu machado — continuou Raen. — O machado comete violência contra a árvore, e escapa sem dano. É assim que você vê? A madeira é macia se comparada ao aço, mas o aço afiado perde o fio com os golpes, e a seiva da árvore vai enferrujar e marcá-lo. O machado poderoso comete violência com a árvore indefesa, e é por ela ferido. Assim é com os homens, embora o dano seja ao espírito. 

Moiraine consegue seguir o rastro de Perrin, com Lan e Nynaeve, o grupo se dirige até próximo do local onde Perrin e Egwene se encontram prisioneiros. A Aes Sedai orquestra a fuga dos jovens e os cinco conseguem fugir e chegar a Caemlyn, onde o grupo se reúne novamente, exceto Thom. Ao ver Mat, Moiraine identifica que a adaga de o garoto roubou em Shadar Logoth é o motivo de sua enfermidade e utiliza seus poderes de cura para reduzir os efeitos da doença, mas o garoto precisa ir para Tar Valon para ser curado completamente.

Moiraine compreendia que era total prioridade que o grupo chegasse a Tar Valon, mas  descobre que O Olho do Mundo corre perigo devido aos sonhos de Rand, Mat e Perrin, uma informação que os Aiel revelaram antes de morrer aos Thuatha’an (e estes contaram a Perrin e Egwene) e também por conta da visita de um homem ao pouso de Loial afirmando que o Tenebroso deseja cegar O Olho do Mundo. Moiraine decide então recorrer a Loial e eles são guiados através dos Caminhos para agilizar a viagem em poucos dias. Através do Caminho de Caemlym, o grupo chega em Fal Dara, em Shienar, nas Terras da Fronteira.

Os Caminhos. Artista desconhecido.

Os viajantes são recebidos com gentileza por Lorde Agelmar, que conhece Moiraine e Lan há anos. Durante a noite, Padan Fain é encontrado próximo às muralhas e preso. Após interrogá-lo, Moiraine descobre que ele é um Amigo das Trevas e responsável por conduzir o ataque de Trollocs a Campo de Emond.

Batalha pelo Olho do Mundo

No dia seguinte, o grupo entra na Praga em busca do Olho do Mundo, passam por Malkier, antigo lar de Lan, o rei sem terras. Devido a necessidade, o grupo encontra o Homem Verde e descobrem que O Olho do Mundo é um gigantesco depósito de Saidin Puro. Balthamel e Aginor, dois dos Abandonados, entram no santuário do Homem Verde. Balthamel é morto pelo Homem Verde, que também morre no combate. Moiraine enfrenta Aginor, mas não consegue derrotar o Abandonado. Sem consciência do que está fazendo, Rand luta com Aginor para controlar Saidin do Olho do Mundo. Ao fazê-lo, o Abandonado absorve Poder Único em grande quantidade e é consumido pelo Poder. Guiado por instinto, Rand canaliza Saidin do Olho do Mundo e aniquila o exército de Trollocs na Garganta de Tarwin, enfrentando ainda Ba’alzamon e derrotando-o.

O Olho do Mundo, por Gal Or.

Após esses acontecimentos, Rand descobre que é capaz de canalizar Saidin, teme a loucura e uma morte dolorosa.

O grupo retorna para Fal Dara com três objetos lendários: o estandarte do Dragão, a Trombeta de Valere e um dos sete selos da prisão do Tenebroso.

"— As Profecias se cumprirão — sussurrou a Aes Sedai. — O Dragão Renasceu."




Compre na Amazon! 

Curtiu o resumo? Siga o Um Bookaholic nas redes sociais e fique atento à publicação dos próximos! Inscreva-se no canal e acompanhe para mais conteúdo sobre WoT e fantasia em geral! :)

E aí? Já leu ou ficou com vontade?
Comente sua opinião! \o/

0 Comentários