Resenha - A Escolhida [Lois Lowry]




Sinopse: Kira, uma órfã de perna torta, vive em um mundo onde os fracos são deixados de lado. A partir do momento da morte de sua mãe, ela teme por seu futuro até que é perdoada pelo Conselho de Guardiões. A razão é que Kira tem um dom: seus dedos possuem a habilidade de bordar de forma extraordinária.
Ela supera a habilidade de sua mãe, e lhe cabe a tarefa que nenhum outro membro da comunidade pode fazer. Enquanto seu talento a mantêm viva e traz certos privilégios, ela percebe que está rodeada de mistérios e segredos, mas ninguém deve saber sua intenção de descobrir a verdade sobre o mundo.





Minha Opinião

Olá, pessoal! Tudo bem? Preciso avisar que eu tô muuuito empolgado pra fazer essa resenha. Quase não tá cabendo felicidade dentro de mim. Vocês sabem que sou fã tanto da Lois quanto da série de distopias chamada O Doador. Eu já li esse livro há mais ou menos uns 3 meses mas eu não lembrava dele na hora de decidir qual o próximo livro seria resenhado aqui no blog. Mas agora eu lembrei! (Tuts, tuts)

Antes de começar essa resenha eu preciso avisar um coisa: se você veio aqui procurando saber uma continuação para O Doador (de Memórias) você não encontrou! Não estou sendo ignorante! Não existe mesmo uma continuação; aquele foi o fim do livro. Isso também me deixou um tanto encabulado. Eu comprei o livro A Escolhida no dia do lançamento (e fiquei super feliz por que ganhei 15 marcadores *-*) e o li em um fuckin' dia. Por isso eu nem li a sinopse, fui logo abrindo o livro no ônibus mesmo e lendo-o. Quando eu vi que a personagem principal era uma tal de Kira e não tinha nenhum Jonas eu quase morri. Então, pobre doadores, aceitem que foi aquele o final de O Doador. vamos voltar para a resenha de a escolhida que é melhor, né ~risos~

Então, temos como personagem principal dessa fantástica estória a Kira: uma jovem manca. Ela vive em um mundo totalmente diferente do que estamos acostumados. Ela tem um dom incrível para costura, inicialmente herdado de sua mãe. O livro já começa com Kira num lugar despedindo-se de sua mãe.

Como nesses dois primeiros livros da série de O Doador (clique aqui para ver a resenha), Lois sempre nos apresenta um mundo novo e completamente diferente onde a verdade é "escondida" ou "distorcida" por quem vive nele. Ao longo da jornada de Kira você vai descobrindo, pouco a pouco, o que é verdade e o que não é. Assim como em outros livros você vai tirando as suas próprias conclusões sobre quem é o mocinho e vilão, mas não acredite 100% nos seus achismos ou pode ter uma decepção muito grande. É meio óbvio que, assim como no primeiro livro, o fim é um tanto quanto inesperado.

Acho que mesmo sendo fã da Lois e da série, tenho que admitir: os finais dão um puta gosto de quero mais e, mais uma vez, no fim de cada livro, você é feito de otário. Mas vale a pena ser otário pois você conhece uma estória e uma escrita maravilhosa.

Meu personagem predileto é sempre o mais demente: MATT! <3 Não posso falar muito sobre os personagens por que há risco de dar spoiler :)

Espero que tenham gostado dessa resenha de um dos livros que é, sem sombra de dúvidas, um dos meus prediletos. Gostaria de agradecer a Editora Arqueiro por star republicando os livros, como sempre eles são um amor e super atenciosos com os fãs! *-*

Foi essa a resenha, espero que goste. Abraços e boa leitura! :D

Nota: 5/5

8 comentários:

  1. Olá Alex, tudo bom?
    Cara, eu fiquei no chão quando terminei de ler O doador e descobri que A escolhida não era uma continuação. Mas eu pretendo ler mesmo assim, me apaixonei pela criatividade da Lois. Continuo tendo esperanças de que essas histórias se cruzem em algum momento ^^
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Daniel. Sei que os livros de toda a quadrilogia já foram lançados mas quero esperar a Arqueiro republicá-los para ler de uma vez só! :D Obrigado pelo comentário! ;)

      Excluir
  2. Oi Alex, tudo joia?
    Uau, você ficou bem empolgado para escrever a resenha, hahaha, sei bem como é ficar assim, cara adoro suas resenhas, pois a maneira como escreve nos passa tudo que precisamos saber;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, fiquei muito empolgado, sou um grande admirador da Lois, e: AHHH! *-* Obrigado pelo elogio, assim eu fico doido! :D TE ADORO! <3 hehe

      Excluir
  3. Incrível. Você escreve com o coração!! Parabéns pelo blog, lindo lindo.
    Amei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário, Thais, e me sinto muito honrado pelo elogio! Obrigado! :D

      Excluir
  4. Alex! Sério? Numa boa? Já estou com raiva kkkkkkkkkkkkkk eu ainda não li O Doador de Memórias e ficar sabendo que quele final é o final me deixou completamente REVOLTADO! Não acredito que essa mulher fez uma coisa dessas, mas bem adorei sua resenha e depois disso já notei que vou ler o Doador de Memórias e sortear, mas antes vou dar uma passada no Goodreads para ver se no ultimo livro esses personagens avulsos se encontram ou se tem um sentido, caso contrario eu nem passarei para o segundo livro!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente? Acho que está cometendo um grande erro. A saga em si (do primeiro ao quarto livro) tem história e enredo muito bom para não ser lido. Já estou lendo o terceiro e, sinceramente, amando! :)

      Excluir

Deixa a sua opinião, ela é mega importante pra mim! E, ah, se você tiver um blog, deixa o link aí! Vou adorar retribuir a visita! <3

Obrigado! :D

Tecnologia do Blogger.