-->

23 de fevereiro de 2020

Sobre nos enxergarmos nos conteúdos que consumimos

Saluton!

Esse ano de 2020 eu já li mais de 15 livros--hoje é dia 23!--e boa parte desses livros lidos é de não-ficção e livros sobre negritude. Já falei isso aqui algumas vezes, mas é importante que a gente se reconheça dentro dos livros que lemos e no conteúdo que consumimos em geral. Hoje a gente fala sobre isso. :)


JÁ É INSCRITO NO CANAL? 
Se inscreve lá, por que ajuda pra caramba! :)



Dizer que representatividade é importante é o mesmo que eu chegar aqui e dizer que nazismo é ruim e mulheres são seres humanos: todo mundo sabe, mas nem todo mundo aceita ou quer acreditar.

Cresci como um menino preto meio afeminado no meio de uma favela no Rio de Janeiro--favela essa que ainda chamo de casa (por pouco tempo, espero)--, sem acesso a cultura ou incentivo a leitura de qualquer forma (não vou entrar em detalhes da minha história como leitor nesse post. Se quiser saber como comecei a ler, leia esse post aqui), mas, quando comecei a ler, por muitos anos li pessoas brancas vivendo aventuras incríveis e fazendo coisas extraordinárias. Mas será que eu também sou capaz de fazer essas coisas?, me perguntava.

2020 começou e eu me impus uma meta: me ler, me assistir e me ouvir; ou seja, consumir mais conteúdo de pessoas negras e LGBT. Felizmente eu tô indo muito bem! Caso você queira acompanhar essas minhas leituras e saber minhas impressões sobre elas, é bem importante que me siga no Twitter (@umbookaholic) ou me siga no Skoob!

É muito importante que a gente consiga se enxergar nesse tipo de produção pra que nós nos inspiremos e saibamos que somos capazes de fazer qualquer coisa e de ocupar qualquer espaço. Seja num livro de fantasia, matando dragões; seja num romance, casando de véu e grinalda; seja num livro de não-ficção, como um escravo, conhecendo nossas tristes origens. Infelizmente, por muito tempo os personagens negros foram postos em posição de coadjuvantes, reduzidos à meras muletas para os protagonistas, mas chegou a hora d'a gente mudar isso. Comece a mudança em você, escolhendo melhor suas leituras e as músicas que você ouve, por exemplo. (Fica aqui um bom post, não? De recomendações? Comentem aí embaixo, se quiserem! 😉)



Hoje eu fico por aqui! Bora estender as discussões nos comentários, ok? 

Viciado de fantasia e suspense, é fã de A Roda do Tempo, NK Jemisin e Brandon Sanderson. Divide seu tempo entre seu canal no YouTube e provar novas marcas de pó de café.

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixa a sua opinião, ela é mega importante pra mim! E, ah, se você tiver um blog, deixa o link aí! Vou adorar retribuir a visita! <3

Obrigado! :D

Contato

Telegram :

@umbookaholic

Email :

divulgue@umbookaholic.com