Boneco de pano, do Daniel Cole


Saluton!

No mês de Março desse ano [2017], recebi da Editora Arqueiro um livro que eu tava querendo desde que soube que seria publicado aqui: Boneco de Pano, do Daniel Cole. Com uma capa maravilhosa e uma premissa incrível, Boneco de Pano chamou minha atenção logo de cara. Agora que já fiz a leitura, decidi vir aqui pra dizer o que achei. 😉


SINOPSE

VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.

O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.


Capa do livro.

Essa resenha não vai ter spoiler, pode ficar tranquilo! :)

Assim que eu soube que a Arqueiro iria publicar esse livro aqui, eu já fiquei bem animado: corri pra ler resenhas, ver vídeos do booktube gringo, enfim, fui procurar saber o que a galera lá de fora tinha achado do livro. Descobri que o livro tinha sido publicado pela primeira vez não havia muito tempo e que havia certo buzz nele. Fiquei ainda mais empolgado quando vi que todo mundo, praticamente, tinha dado 5 estrelas.

Boneco de Pano é o livro de estreia do Daniel Cole que, já em seu primeiro livro, traz uma história muito bem amarrada e com uma premissa bastante diferente. O fato de ter um assassino andando por aí arrancando partes de pessoas é bem bizarro (e assustador, até) e acho que nesse quesito o Cole se deu bem. A cena onde o boneco é mostrado pela primeira vez me deixou muito assustado, por que foi uma coisa muito visual. A forma como autor descreve o boneco, a forma como as partes se mantêm juntas, como ele estava pendurado, enfim, foi MUITO legal! O autor tem um senso muito bom pra narração/descrição. As vezes ele exagera, sim, mas nada que te impeça de ler.

Parte de trás da capa.

Os personagens são bem legais. Gostei muito de estar ali com eles, tentando descobrir quem é o tal serial killer, pra poder impedi-lo. O fato d'o nosso protagonista, o Wolf, estar na lista é bem agoniante. Tinha vezes que ver o relacionamento dele com a Emily - uma parceira de trabalho - era muito triste. Ela ficava imaginando o Wolf morrendo, já que todos os planos deles vinham dando errado. Conforme a história vai avançando, nós, leitores, ficamos agoniados, sem saber o que fazer. Cada personagem tem o seu próprio passado, os seus próprios problemas. Um dos meus personagens preferidos da história é o Edmunds, que é um cara novo, casado e que está prestes a ser pai. Toda essa coisa d'ele ter que conciliar trabalho/família é muito bem abordada no livro, o que faz com que os personagem - e a história - fique muito mais tridimensional e verossímil.

Diagramação.

A relação entre os personagens é a parte mais legal de tudo.
Ver como eles conversam sobre o trabalho e sobre coisas banais; ver a tensão entre o Wolf, a Emily e a Andrea, sua ex-mulher; acompanhar o Edmunds Edmunds (referências 😜). Os diálogos desses livros são MUITO bons, sério! Eles conversam sobre táticas pra manter o prefeito seguro, sobre sexo, sobre a vida! É muito bom mesmo! Os diálogos são tão bons, que a gente ainda dá boas risadas, durante a leitura. \o/

Quanto a identidade do "vilão": foi a coisa que menos me prendeu. Eu gostei de como tudo se explicou no final, mas não foi a melhor coisa do livro. Eu estava curioso, sim, pra saber quem estava por trás de tudo aquilo, mas estar com os personagens estava tão legal, que eu, Alex, deixei isso meio de lado.

Gostei muito da tradução e da revisão do livro. Encontrei dois ou três problemas com vírgulas, mas nada que atrapalhe a fluidez da leitura. A edição tá muito rica: o livro em si tá bem maleável, atrás da orelha tem uns fios e a diagramação tá bem gostosa, super confortável pra ler.

Quarta capa.




Boneco de Pano é um livro eletrizante, que fisga o leitor até a última página. Recomendo pra quem está em busca de um livro rápido e bem escrito! :)

E aí? Já leu ou ficou com vontade?
Comente sua opinião! \o/

12 comentários:

  1. Hummmm, já quero viu!
    E essas fotos? Maravilhosas!!
    Eu fiquei meio na dúvida quando vi no skoob, mas agora fiquei com vontade!

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  2. Aaaah, essa edição é tão maravilhosaa! Arqueiro arrasa sempre! <3
    Amei a resenha, migo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Cara eu já queria ler este livro. Despiu desta resenha a vontade aumentou em 300%. Parabéns mais uma vez!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia sim! espero q goste! \o/
      obg! <3

      Excluir
  4. ai, será que dá pra encaixar esse na meta de leitura desse ano??
    eu fiquei bastante curioso pra conhecer as partes desse tal "boneco". quero muito ler esse livro.
    Alex, sua resenha está ótima, parabéns.
    Abraços
    http://omalkavian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh! leia, sim! espero que goste!
      obrigado, Will! <3

      Excluir
  5. Olá! Adorei a resenha.
    Postei esses dias também... Não sei se curti o final... achei meio alheio, mas o livro todo é ótimo. E realmente, a construção dos personagens é perfeita!

    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim! Eu não sei se vc já leu, mas, cmg, aconteceu algo parecido com Caixa de Pássaros. Mas, o que acontece lá naquele livro, estragou toda a minha experiência de leitura, aí dei uma nota mas baixa; já com Boneco de Pano foi diferente. A "maravilhosidade" do decorrer do livro pesou mais. :D

      Obrigado pela visita! <3

      Excluir
  6. Olá, Alex.
    Como disse na minha resenha eu gostei muito do livro, mas não do final. E não é nem por causa da identidade do vilão, e sim por causa da forma como o autor conduziu as ultimas páginas. E também o Edmunds teve mais destaque que o Wolf, que é o protagonista e dá nome a série. Mas vou querer ler os outros da série sim.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Curtiu o post? Deixe seu comentário aqui embaixo, pra gente poder debater! \o/

Só comente algo relacionado ao post. Não desrespeitar ou insultar ninguém, caso contrário, o comentário será excluído.

Tem um blog? Comenta aí embaixo, pra que eu possa te fazer uma visita! :)

siga no Instagram

@umbookaholic