Resenha - Oldar: Da Guerra da Traição [Rondinelli Fortalesa]

novembro 27, 2014



Sinopse: Oldar é um planeta muito antigo, ainda em seu início, quando o universo era imenso e inexplorado. Os povos começavam a conhecer uns aos outros e tinham seus primeiros conflitos motivados por paixões humanas e até sobrenaturais. A primeira narrativa de Oldar inicia-se no país do continente Oeste conhecido como Edammael, onde vivem os dans. O governo fora estabelecido no início dos tempos como reinado, no qual um homem governa sozinho o destino do povo. Houve também um reinado duplo, em que Dormom e Gormom, irmãos gêmeos que se amavam muito, reinaram em paz. Nem tudo o que é bom dura para sempre e um dia a ganância por poder levou a uma traição que dividiu o reino de Edammael em dois. O reino do norte, sob o comando de Dormom envolveu-se com magia das trevas e criou monstros para derrotar o seu adversário. O reino do sul, sob o comando de Gormom aprendeu sobre um outro tipo de magia e, usando o cajado de poder e outras armas sagradas, lutaram na primeira Guerra do continente Oeste, que ficou conhecida como a Guerra da Traição. Oldar é a primeira história da Trilogia que serve como introdução ao universo em que um guerreiro chamado Telfem viajará por todos os planetas com seres viventes usando espelhos mágicos. 

RESENHA

Oi, gente, tudo bem? Primeiramente eu gostaria de pedir desculpas pela minha ausência aqui no blog mas eu voltei com os posts normalmente, as terças e quintas. E o sorteio ainda tá rolando, clique aqui e veja o post! Enfim, vamos lá..

Quero deixar uma coisa bem clara pra quem vai ler ou pretende ler qualquer um dos livros de Oldar: NÃO SE APAIXONE POR NENHUM PERSONAGEM E NÃO SEJA OTÁRIO! Como o próprio autor diz, o livro é sobre o mundo Oldar e não sobre sobre uma(s) pessoa(s) então o seu personagem favorito, com toda a certeza, vai morrer. Eu fiquei muito apegado a um personagem que tinha, literalmente, me tomado. Eu senti todas as dores com ele mas também as alegrias. Eu estava lá curtindo vários momentos bons com o meu personagem e, de repente, ele morre.

Rondinelli é um monstro com palavras! Ele escreve com uma maestria incrível! O livro é de uma leitura cativante e simples fazendo com que você o devore e fique ansioso pela continuação. A construção dos personagens é incrível! Como eu havia dito anteriormente, o autor consegue fazer com que você se envolva com o personagem, rindo nos momentos de alegria e chorando sua morte.

A história é completamente sensacional! Nós não temos um herói e um vilão, temos vários heróis e vários vilões que tentam, incessantemente, alcançar os seus objetivos! O livro se desenvolve, primeiramente, com a construção do mundo de Oldar e sua povoação. Depois temos o desenvolver dos povos, a separação do mundo e, enfim, o caso trágico. Dois irmãos que se amam muito e vivem como um só, Gormom e Dormom, passam a se odiar e o país onde eles moram, seu nome é Edammael, é dividido em dois: Edammael do Sul, que é de Gormom, se envolveu com magia divina e uma civilização com novos métodos de vida e socialização; e a Edammael do Norte, que é de Dormom, e se envolveu com magia negra criando seres malignos.

As guerras que se desenvolvem no decorrer do livro são terrivelmente incríveis! É muuuito derramamento se sangue e magia! Se você está procurando uma aventura épica e cheia de emoções você precisa ler Oldar: Da Guerra da Traição!

Não tem nem como dar nota ao livro tão bom, gente! Digo pra vocês, do fundo do meu coração, que virei muito fã da série e do autor, o Rondinelli Fortalesa. Gostaria de deixar aqui meus agradecimentos pelo envio do kit: bolsa, cinco bottons, quinze marcadores e os dois livros da série com autógrafo.

Deem só uma olhada no meu kit mais que lindo! *-*

Adquira esse kit em oldar.com

Espero que você tenham gostado dessa resenha! A nota é óbvia: 5/5

Fiquem com o Grande Ádalo (deus do livro! *-* ~risos~) e boa leitura! :D

6 comentários:

  1. Nossa adorei a resenha *-----*. Quando um autor consegue tocar o coração de um leitor assim é quando encontramos nossa felicidade como escritor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se prepare, Rondinelli! Ainda vai tocar o coração de muito leitor! ;) Meus parabéns! *-*

      Excluir
  2. Uau, das poucas resenhas que já li aqui, só tenho que dizer que são ótimas, você escreve super bem. E essa então? Amei, e confesso que fiquei bem curiosa para conhecer, achei tudo lindo rs',

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro muito empolgante. Só por envolver magia já ganha uns pontos em minha estima.
    Só não gosto de autores que matam personagens sem dó nem piedade (peguei bira com George Martin por causa disso). Porque todo leitor que se preza entra de cabeça na história e passa a fazer parte daquele mundo, compartilhando sabores e dessabores com todos os personagens que lá estão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Jaqueline, é muito bom o livro e a cada página nós podemos ver uma nova aventura. Quanto as mortes eu também não gosto muito mas por ser sobre o mundo em si e não sobre um personagem é totalmente compreensível. Inicie a leitura e não irá se arrepender! :D

      Excluir

Deixa a sua opinião, ela é mega importante pra mim! E, ah, se você tiver um blog, deixa o link aí! Vou adorar retribuir a visita! <3

Obrigado! :D

Tecnologia do Blogger.