A Guardiã do Fogo, da Lívia Fiedler.


Olá, terráqueos! Como vocês estão? \o/

Hoje eu venho, mais uma vez, resenhar uma fantasia nacional. Como vocês que acompanham o blog bem sabem, eu sou apaixonado louco por fantasia, ainda mais quando ela foi escrita por uma pessoa do meu país, então é claro que eu não poderia deixar de vir aqui e contar o que achei da leitura. <3

Hoje, então, a gente vai conhecer e bater um papinho sobre A Guardiã do Fogo, que é o livro de estreia da paulista Lívia Fiedler, publicado pela Daya Editorial.

// Gostaria de deixar meus agradecimentos à Lívia, por, tão gentilmente, ter aceitado a minha solicitação de parceria e feito o envio do livro. <3


SINOPSE

Logo antes de sua avó morrer, Sofia recebe um medalhão de dragão como presente de aniversário. Alguns anos depois, ao ser atacada por uma anja negra, um ser mágico maligno, o poder dentro da garota desperta e ela surge em um Plano diferente do nosso.
Sofia aprende que o medalhão permite que ela manipule o fogo. Ela terá que descobrir como voltar para casa sã e salva, pois uma seita de magas, ureons, e demônios estão à espreita.
Sofia depende de sua própria coragem e da amizade dos seus amigos para vencer os obstáculos e os perigos do caminho, e descobrir quem ela realmente é. Além de encarar um amor impossível.
Será ela capaz de controlar o fogo ou se deixará consumir por ele?



Essa resenha não contém spoilers. Pode ler tranquilamente. :)


A Guardiã do Fogo nos apresenta a Sofia, uma jovem normal até certo ponto. Um dos maiores atrativos da Sofia logo no começo do livro é, sem dúvida, a nuvem que a permeia durante todo o início do livro. Assim que começamos a leitura, não é possível determinar uma personalidade pra personagem principal. Conforme o avanço da narrativa, Lívia vai nos introduzindo à personagem e à uma mitologia inovadora. Sofia é uma personagem forte e destemida, que passa muito bem a mensagem do empoderamento feminino. Ela, o tempo todo, se faz perguntas e procura saber o que é está acontecendo: um pró e um contra. O fato d'ela fazer as mesmas perguntas que a gente, faz com que fiquemos mais imersos na história, descobrindo tudo junto com ela, mas ao mesmo tempo é irritante. As vezes ela fazia perguntas que eu, enquanto leitor, já sabia as respostas. É só um adendo, nada muito grave, que atrapalhe a leitura. :)


A mitologia criada pela Fiedler é tão sensacional e inovadora, que assim que terminei o livro eu já estava sentindo saudade de tudo aquilo. A ideia dos elementos e dos guardiões é tão sensacional, que me peguei pensando: "Nossa, cara, como não pensaram nisso antes?!". Mesmo sendo muito inovador, não acho que qualquer um pudesse escrever. A mitologia dela é muito rica e detalhada, o que fez com que eu, o tempo todo, quisesse saber mais sobre o funcionamento daquele mundo e da sociedade que a Sofia se depara.

Tá sendo difícil escrever isso sem dar spoiler, mas vamos lá! kkk

Os personagens que compõem o livro são bastante interessantes. Embora uns sejam bem clichês, consegui sentir tudo o que os personagens sentiam, suas dores e alegrias. Essa é uma ótima parte do livro, por que não me envolvi só com a Sofia, mas com o Luuk e com a 'Anja de asas negras'. A maneira que a Lívía contou a história, fez com que eu me pusesse no lugar do personagem. Goal!

As coisas que me incomodaram que citei acima, são simples e não atrapalharam a minha leitura. Só tive dois problemas reais com o livro: a aceitação muito fácil da Sofia e as mudanças de humor repentinas. Quando a Sofia descobre que ela faz parte desse "novo mundo", eu achei que ela aceitou muito rápido... em momento nenhum ela temeu ou ficou com o pé atrás, o que fez com que o livro perdesse um pouco da verossimilhança. As mudanças de humor da Sofia também me irritaram muito! Num parágrafo ela está com muuuita raiva de um personagem e no outro, ela simplesmente já o perdoou e já estão se abraçando. Isso fez com que a personagem se tornasse instável, ao meu ver, e que eu ficasse meio perdido, de vez em quando.

Antes de encerrar, gostaria de dizer que amei muito o final desse livro. Um dos melhores finais que já li em toda a minha vida, sem dúvidas. Não posso nem começar a falar sobre, por que chegar no fimzinho, descobrir tudo aquilo e ver o desenrolar das coisas foi sensacional.


// FOTOS


Diagramação do livro.

Contracapa em detalhe.

Lombada em detalhe.


// CONSIDERAÇÕES FINAIS
Um livro ótimo pra quem busca livros com protagonista feminina forte, romance e ação, tudo isso com uma boa dose de fantasia. Uma história composta por personagens cativantes e reviravoltas sensacionais.

NOTA: 4/5

E aí? Já leu ou está afim de ler? Comenta aí!
Abraços e boas leituras! \o/

10 comentários:

  1. Olá, Alex!
    Que livro mais lindo *-* Edição muito bonita! Também amo fantasia e esta parece ser muito bem escrita e possui uma estória criativa. Quero haha Ótima resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Alex!
    Não conhecia o livro, nem a autora, mas admito que fiquei muito interessada em lê-lo, após sua resenha. Amo fantasias recheadas com romance, ações e personagens cheios de personalidade e atitude!
    Abraço!
    apenasumaleitura.blogspot.com.br/2016/10/5-motivos-para-ler-o-heroi-improvavel.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAA! se ler, não deixa de me contar o que achou! *-*
      obrigado, Mari! <3

      Excluir
  3. Olá, Alex.
    O livro já me ganhou lá na parte do medalhão de dragão, não posso ver essa palavra que já quero ler hehe. Não conhecia esse livro ainda, mas me pareceu ter um enredo muito rico e adoro fantasia e mitologia, por isso claro que vou querer ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também sou assim, Sil! sou completamente apaixonado por dragões! <3
      procura sim, pq vale muito a pena. além d'a gente conhecer uma história maravilhosa, vamos prestigiar nossa literatura.
      muito obrigado por todo o apoio, Sil. <3

      Excluir
  4. Oi Alex!

    Não conhecia o livro! A protagonista parece ser bipolar rsrsrsrs mas eu tb adoro uma fantasia então adorei a dica.

    E parabéns pelas fotos

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ISSO! Mi, essa palavra me fugiu, enquanto escrevia a resenha! kkk
      obrigado pelo apoio! <3

      Excluir
  5. Oi Alex,
    Que capa maravilhosa, hein?
    Adorei a ideia do amor impossível, rs.
    Parabéns pela parceria, você está arrasando!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Embora seja suspeito para comentar sobre esse livro, fico muito feliz que tenha gostado da leitura. ;) Concordo muito com o que falou sobre o final; costumo dizer desde o início que a Lívia foi muito ousada ao criar esse final e no fim isso acabou dando muito certo.

    Abraços,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  7. Bom dia,

    Não conhecia o livro e nem a autora mas gostei bastante da premissa e a capa é bem bacana, já vai para a minha lista de desejados...abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Curtiu o post? Deixe seu comentário aqui embaixo, pra gente poder debater! \o/

Só comente algo relacionado ao post. Não desrespeitar ou insultar ninguém, caso contrário, o comentário será excluído.

Tem um blog? Comenta aí embaixo, pra que eu possa te fazer uma visita! :)

siga no Instagram

@umbookaholic